<$BlogRSDURL$>

(Re)nascido


Um blogue a toda a largura (redimensionável pelo leitor)

sexta-feira, novembro 25, 2005

Explica-me como se eu fosse... 

Atravesso uma pequena localidade, de carro. O que vejo à entrada? Uma rua estreita e sinuosa, de linha contínua bem visível. À direita, na berma, um sinal de trânsito provisório, daqueles utilizados durante o período de obras na via, a indicar... proibição de ultrapassar! Vinte metros à frente, um outro, agora de limitação de velocidade a 50 km!

CAP @ 11/25/2005 10:54:00 da tarde

Comentar (11)

Éfemi 

Com o patrocínio de: Montes de Absolutamente Não aconselhado a almas sensíveis

CAP @ 11/25/2005 01:03:00 da manhã

Comentar (5)

quinta-feira, novembro 24, 2005

Ibiza 

copyright-cap sabe-me a ti este agridoce costume

CAP @ 11/24/2005 10:37:00 da tarde

Comentar (6)

A crise da construção civil não é de agora 

Há muitos anos atrás, as pessoas viviam em grutas. Não havia casas...

CAP @ 11/24/2005 01:09:00 da manhã

Comentar (10)

quarta-feira, novembro 23, 2005

In-equação 

Redimensionar √as práticas ∩ Reequilibrar ∞ a sanidade ‰

CAP @ 11/23/2005 01:29:00 da tarde

Comentar (11)

terça-feira, novembro 22, 2005

Tenho sido um egoísta, confesso! 

Há já uns meses que venho a acompanhar as (des/a)venturas desta desenhadora francesa, sem me ter lembrado de as partilhar convosco. C'est chose faite:

CAP @ 11/22/2005 11:09:00 da tarde

Comentar (3)

Poder e fragilidade 

rien au-dessus (O ficheiro esteve disponível durante uma semana) Nuit Blanche Débordée, je coule Ce que je sens sur ma peau Me donne la chair de poule Inondée je craque Les cendres qu'il me reste Disposent mon cerveau en vrac Tu es ce qui me tient Je suis ce qui te retient Tu es ce qui me tend Je suis ce qui te revient J'ai compris cette nuit Que tout ne tient qu'à un fil Celui qui nous tisse sans un bruit Sans un bruit Tu es ce qui me tient Je suis ce qui te retient Tu es ce qui me tend Je suis ce qui te revient Je crois que je ne t'aime plus Mypollux, 2004

CAP @ 11/22/2005 06:52:00 da tarde

Comentar (2)

segunda-feira, novembro 21, 2005

A fonte 

Expelindo as sobras do seu cigarro, a formiga observa a opacidade do candeeiro da rua pensando na força do seu fumo. Enquanto isso, o nevoeiro desce.

CAP @ 11/21/2005 10:57:00 da tarde

Comentar (8)

Perfeitamente normal 

Um filme para maiores de 6 anos, com duas sessões diárias: às 21.40 e às 24.00!

CAP @ 11/21/2005 01:20:00 da manhã

Comentar (4)

domingo, novembro 20, 2005

Pós-aviso 

Os comentários do Haloscan acabaram! Já há algum tempo que o pensava fazer, para além de não gostar do seu desaparecimento ao fim de seis meses, estavam a perder a utilidade. Do início do verão para cá, tinham descido para quase um terço. Além disso, o serviço correspondente do Blogger está melhor e menos complicado. Logo, quem tiver algo a acrescentar aos meus disparates, poderá continuar a fazê-lo, independentemente do sistema.

CAP @ 11/20/2005 05:25:00 da tarde

Comentar (9)

sexta-feira, novembro 18, 2005

Estará encontrada a fonte? 

Directora de uma escola mexicana reforma-se aos 102 anos Albina Cruces Vazquez, directora da escola primária Eduardo Noveo da cidade do México, reformou-se com a idade de 102 anos, após 85 de bons e leais serviços pedagógicos em várias escolas do país. "Eu não quero partir para a reforma, mas é tempo de dar lugar a novas ideias", declarou a professora ao quotidiano mexicano Reforma. (?) Albina Cruces Vazquez começou a sua carreira em 1920, em Guanajuato, no centro do país, antes de se instalar na capital. Em 1947, fundou a escola Eduardo Noveo, que dirigiu durante 58 anos. MÉXICO (AFP) - 17/11/2005 08h29

CAP @ 11/18/2005 07:03:00 da tarde

quinta-feira, novembro 17, 2005

Um destes dias 

Quando passar pela Argentina, tenho de ir tomar um copo com os meus amigos da mailing list que o Gmail me guardou na pasta de spam. Sem esquecer os sul-africanos, no regresso. Responder àquela simpática menina daquela empresa portuguesa, que não vou poder dar o módulo de Detecção Remota com que ela anseia. Levantar todos os prémios da lotaria; declinar, pesaroso, os convites do embaixador Armand; comprar o cortador de comprimidos... E poupo-vos os mais comuns.

CAP @ 11/17/2005 10:24:00 da tarde

Por trinta dinheiros 

CAP @ 11/17/2005 12:06:00 da manhã

quarta-feira, novembro 16, 2005

Estética literária de nível superior 

Apenas um fragmento, que o consumo excessivo pode causar lesões cerebrais irreversíveis: Nova vassoura, este quarto, varre-o todo Cachorro quente, rã saltitã, albuquerque Cachorro quente, rã saltitã, albuquerque Agora o meu ritmo não é tão bom, mas é o único amigo que tenho Sou o rei do rock’n roll completamente Todos os lindos pássaros voaram para longe agora danço sozinho De quem é esta maravilha? É fácil: Couve-de-Bruxelas pré-fabricada

CAP @ 11/16/2005 07:15:00 da tarde

terça-feira, novembro 15, 2005

A Internacional já! 

Na Russia, pode-se votar "contra todos" O Tribunal Constitucional russo decidiu, segunda-feira, que não é ilegal apelar aos eleitores para votar "contra todos". O voto "contra todos" é relativamente popular na Rússia onde a classe política tem má reputação na opinião pública. Esta alternativa figura em certos boletins de voto e, por conseguinte, as leis que proíbem de fazer campanha pelo voto "contra todos" são incompatíveis com a Constituição, decidiu o TC invocando "os valores constitucionais das eleições livres e da liberdade de expressão". (AFP) - 14/11/2005 10h50

CAP @ 11/15/2005 10:45:00 da tarde

Só para relembrar 

(O ficheiro esteve disponível durante uma semana) Fils de France J'ai vu, les larmes aux yeux, les nouvelles ce matin 20% pour l'horreur, 20% pour la peur. Ivres d'inconscience, tous Fils de France. Au pays des lumières, amnésie suicidaire. Non Non Non Non. Nous sommes, nous sommes La Nation des Droits de l'Homme. Nous sommes, nous sommes La Nation de la Tolérance. Nous sommes, nous sommes La Nation des Lumières. Nous sommes, nous sommes à l'heure de la Résistance. Pour les rêves qu'on a faits, et pour ceux qu'on fera. Pour le poing qu'on a levé, pour celui qu'on lèvera. Pour un idéal, pour une utopie. Allons marchons ensemble enfants de la Patrie. Fils de France ! ça, pour baisser la tête, Ah oui, ça t'aime bien les minutes de silence Fils de France ! C'était à peine hier, et déjà tu brandis le drapeau de l'ignorance Fils de France ! Nous n'oublierons jamais que nous sommes et serons les fils de la Résistance. Fils de France ! Au royaume des aveugles tu sais bien ce qu'on dit les borgnes sont les rois. Y a ces ombres derrière nous, y a ces idées vendues, y a ces drapeaux qui flottent et des hymnes dessus, et puis y a toi mon frère, Oui toi qui n'y croit plus et puis y a nos prières et nos causes perdues. Honte a notre pays, honte à notre Patrie, Honte à nous la jeunesse, honte à la tyrannie, Honte à notre pays, revoilà l'ennemi, Allons marchons ensemble enfants de la Patrie. Nous sommes, nous sommes La Nation des Droits de l'Homme. Nous sommes, nous sommes La Nation de la Tolérance. Nous sommes, nous sommes La Nation des Lumières. Nous sommes, nous sommes à l'heure de la Résistance. Nous sommes, nous sommes La Nation des Droits de l'Homme. Nous sommes, nous sommes La Nation de la Différence. Nous sommes, nous sommes La Nation des Lumières. Nous sommes, nous sommes à l'heure de la Résistance Saez, 2002

CAP @ 11/15/2005 12:15:00 da manhã

Comentar (2)

domingo, novembro 13, 2005

Fui Fomos 

copyright-cap Dormir sobre o mar.

CAP @ 11/13/2005 09:58:00 da tarde

sábado, novembro 12, 2005

C'est bien gentil 

Merci, Michel.

CAP @ 11/12/2005 12:18:00 da manhã

sexta-feira, novembro 11, 2005

Sexta-feira V segunda 

CAP @ 11/11/2005 04:33:00 da tarde

Comentar (2)

quinta-feira, novembro 10, 2005

Noticiário à hora do jantar 

- Isto é um debate? A picarem-se uns aos outros? - Não, minha filha! Estes são políticos; um debate entre pessoas não é assim!

CAP @ 11/10/2005 09:57:00 da tarde

Hieroglífico, eu? (Uma história visual) 

CAP @ 11/10/2005 12:02:00 da manhã

quarta-feira, novembro 09, 2005

Vorazes dias 

copyright-cap atlânticos

CAP @ 11/09/2005 12:01:00 da manhã

terça-feira, novembro 08, 2005

Branco 

O silêncio.

CAP @ 11/08/2005 12:29:00 da manhã

segunda-feira, novembro 07, 2005

Música da semana 

(O ficheiro esteve disponível durante uma semana) Protège-moi C'est le malaise du moment L'épidémie qui s'étend La fête est finie on descend Les pensées qui glacent la raison Paupières baissées, visage gris Surgissent les fantômes de notre lit On ouvre le loquet de la grille Du taudis qu'on appelle maison Protect me from what I want Protect me from what I want Protect me from what I want Protect me Protect me Protège-moi, protège-moi Sommes nous les jouets du destin Souviens-toi des moments divins Planants, éclatés au matin Et maintenant nous sommes tout seuls Perdus les rêves de s'aimer Les temps où on avait rien fait Il nous reste toute une vie pour pleurer Et maintenant nous sommes tout seuls Protect me from what I want Protect me from what I want Protect me from what I want Protect me Protect me Protect me from what I want (Protège-moi, protège-moi) Protect me from what I want (Protège-moi, protège-moi) Protect me from what I want (Protège-moi, protège-moi) Protect me Protect me Placebo, Once More With Feeling: Singles 96-04, 2004

CAP @ 11/07/2005 07:26:00 da tarde

Premonitório? 

(...) Come on Luís Vaz, amanda-lhe com os decassílabos que eles já vão saber o que é meterem-se com uma nação de poetas! E zás! Enfio-te o Manuel Alegre no Mário Soares (...) José Mário Branco, FMI, 1979

CAP @ 11/07/2005 12:38:00 da manhã

domingo, novembro 06, 2005

Ao cavaleiro ausente 

copyright-cap Dos fracos, não rezará a História!

CAP @ 11/06/2005 12:16:00 da manhã

sexta-feira, novembro 04, 2005

Como uma 

copyright-cap fera enjaulada

CAP @ 11/04/2005 09:38:00 da tarde

quinta-feira, novembro 03, 2005

Um pé no passado 

Novas pinturas, velhos hábitos.

CAP @ 11/03/2005 12:26:00 da manhã

quarta-feira, novembro 02, 2005

Anteposto 

Proximizade
Proximidade e mão amiga. "Proximizade", feita do entusiasmo voluntário de quem quer ajudar a combater a apatia, a dispersão e a insensibilidade que nos ameaça se continuarmos indiferentes ao que se sabe e ao que se vê. Aqui, já está a acontecer.

CAP @ 11/02/2005 09:00:00 da manhã

terça-feira, novembro 01, 2005

Em contagem decrescente 

O nosso maior Deus está dentro de cada um de nós.

CAP @ 11/01/2005 12:16:00 da manhã

| fim da página principal |

BlogRating

alta en buscadores
Contador de Visitas

online
Tantos enganados...


referer referrer referers referrers http_referer
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Rights on the Web
Ajude a Combater o Spam! Clique aqui!

Motorizado por Blogger.

Technorati search
Who Links Here