<$BlogRSDURL$>

(Re)nascido


Um blogue a toda a largura (redimensionável pelo leitor)

quarta-feira, maio 31, 2006

Realmente 

Com uns míseros 28º C. é mesmo de ir a correr comprar um casaquinho.

CAP @ 5/31/2006 11:21:00 da tarde

Aiii! 

Ainda não parei de rir...

CAP @ 5/31/2006 07:24:00 da tarde

Como um abismo que sabemos encontrar quando nos queremos perder 

en forme de réussite Hype Elle calme pour un instant En pornographe experte Comme une abîme Que l'on sait où trouver si l'on veut se perdre C'est le tout Paris qui jouit Foule unanime Inferno telegraph to the hype Inferno telegraph to the hype Antichambre, photographe qui attend Immortaliser, le visage de la connerie ambiante Et c'est le tout Paris qui jouit encore Foule onanisme Inferno telegraph to the hype Personne ne m'a vu naître Personne ne me verra mourir Alors un peu de pudeur Même si tu as le clitoris en forme de réussite Et c'est Paris qui jouit encore Foule anonyme ...to the hype Inferno telegraph to the hype Et ça cherche plus profond Mais l'on reste en surface Quand on voit surfer les artistes Et c'est le tout Paris qui jouit encore Foule qu'on anime Inferno telegraph to the hype Inferno telegraph La petite bourgeoise de montre-mon-cul à tous vents C'est catchy-délire C'est du porno-vintage Les fleurs du pavé parisien Inferno telegraph to the hype ...Et tout le monde danse Elle calme pour un instant En pornographe experte Et qui est-ce ? C'est Paris qui jouit Inferno telegraph to the hype Inferno telegraph to the hype Inferno telegraph... Elle calme pour un instant En pornographe experte Comme une abîme Que l'on sait où trouver quand on veut se perdre Et c'est le tout Paris qui jouit encore Foule qu'on anime inferno telegraph to the hype Elle calme pour un instant, elle calme pour un instant... Comme une abîme Où tous, on sait se perdre Dans , dans, ... Hype, hype... Eiffel, Les Yeux Fermés, 2004

CAP @ 5/31/2006 12:46:00 da manhã

Comentar (2)

segunda-feira, maio 29, 2006

Adeus hedonismo materialista e neo-liberal 

O spam humanizou-se; já não é só sexo e tamanho, também é amor:

Te mando este cartão como prova de AMOR
Voce e tudo pra mim
Olá, Karina deixou um recado para você.
De: Amor eterno Para: Meu Grande Amor
ola paredes sempre te amarei ok!!!
Você está no mais alto lugar do pódio do meu coração!
É só uma amostra. Chega? Warning: do not open these, or similar ones, at home.

CAP @ 5/29/2006 06:16:00 da tarde

Comentar (4)

sábado, maio 27, 2006

Last night miss Marple saw 8 

Estão lançados os dados (1-7). Quem quiser pode, em dez linhas, matar um deles (ou outro) e pôr a velhinha a render. Também aqui.

CAP @ 5/27/2006 01:17:00 da manhã

Comentar (8)

quinta-feira, maio 25, 2006

Tanto ponto de exclamação 

copyright-cap - Ouve lá, Deus! Para esta eternidade qual vai ser a espécie dominante? - Estou indeciso, vai ser à sorte... olha! É o Homem! - Ah! Ah! Ah! Vai ser divertido, vai... Ih! Ih!

CAP @ 5/25/2006 11:26:00 da tarde

Comentar (4)

Last night miss Marple saw 7 

O dono do café fechar a porta e ficar horas em arrumações com a empregada.

CAP @ 5/25/2006 01:17:00 da manhã

Comentar (3)

Last night miss Marple saw 6 

A patrulha da Guarda a pé, que a verba para a gasolina acabou antes do meio do mês.

CAP @ 5/25/2006 01:05:00 da manhã

quarta-feira, maio 24, 2006

Ou não! 

A pré-primária (ou alguém por ela) assume-se como uma etapa importante na aprendizagem. Esta, pressupõe objectivos bem definidos para cada uma das actividades realizadas.
Logo, se as crianças que daqui a quatro meses entrarão no primeiro ano do primeiro ciclo do ensino básico, passam uma manhã a fazer corridas de gatas (rasgando calças e batas - mas isso agora não interessa) é porque isso lhes será de toda a utilidade no futuro.

CAP @ 5/24/2006 10:27:00 da tarde

Comentar (7)

À atenção dos aprendizes 

Manusear com sabedoria uma língua, é praticar uma espécie de feitiçaria encantatória. Charles Baudelaire

CAP @ 5/24/2006 06:31:00 da tarde

Comentar (2)

terça-feira, maio 23, 2006

23 

copyright-cap

Não nos somos fragilmente pertencemos

CAP @ 5/23/2006 06:00:00 da manhã

Comentar (23)

segunda-feira, maio 22, 2006

A vida é bela 

La vie est belle La vie est belle La vie est belle La vie est belle Seul dans ma chambre un jour normal J'apprends dans les journaux que j' suis dans l'axe du mal Je lis entre les lignes et j' comprends qu'on veut me killer J' ferme la serrure pour être un peu plus tranquille Dehors c'est la guerre et j' crois qu'elle vient vers moi Malgré les manifs qui vivra la verra Je mets des sacs de sables dans mon salon Des salauds veulent me shooter Comme au foot le stoppeur veut shooter le ballon A la télé j'entends qu' j' suis l' pire des mecs Longue vie aux non violents, la propagande est impec J'flippe: des troupes spéciales des B52 J' regrette ce que j'ai fait, j' crois qu' j'aurais pu faire mieux Mais l'erreur est humaine, j'avoue j'ai fais des erreurs Prendre position c'est prendre une pluie de terreur Au nom du Père du Fils et du Saint Esprit d' l'Imam et du Rabin Plus jamais ceci Comme un oiseau sans ailes Je vole vers le ciel Mais j' sais qu'la vie est belle Comme un oiseau sans ailes Je vole vers le ciel Mais j' sais qu' la vie est belle Moi j' suis un missile J' suis pas coupable On m' guide par satellite Pour faire un travail impeccable Toutes les technologies sont mises à mon service Dans le but de chasser le mal Et que j'agisse pour un monde peace J' suis dans un porte avion et fais c' qu'on me demande Ce soir je dois frapper un type qui est tout seul dans sa chambre J' suis un oiseau sans aile suppositoire de fer 500 km à faire et puis pour lui c'est l'enfer Ca y est j' suis parti j' vole vers son domicile Et je préserve la paix en commettant des homicides J' perce les nuages vers l'abscisse et l'ordonnée Objectif mémorisé j' connais les coordonnées J' suis de fer, nu de chair, arrive à l'improviste Vole au dessus des manifs de ces millions de pacifistes Au nom du Père du Fils et du Saint Esprit d' l'Imam et du Rabin Plus jamais ceci Comme un oiseau sans aile Je vole vers le ciel Mais j' sais qu' la vie est belle Comme un oiseau sans aile Je vole vers le ciel Mais j' sais qu' la vie est belle Et sur la chaîne info j'apprends qu'un missile arrive Il s'invite chez moi pourtant c'est pas mon convive On bombarde ma ville mon quartier mon bâtiment Ce soir tu vas mourir tel est mon ressentiment Tranquille je range ma chambre et puis je vois les photos De moi même, de mon ex, vacances au Colorado des bivouacs en montagne avec nos sacs à dos Là-haut donne des discours avec tous ces ados Je vois mon père et puis ma mère sur des clichés loin de là haut Moi qui les trouvais durs j' fais la même à mes enfants Ils dorment tranquillement, ils doivent compter des moutons Ou bien faisaient des rêves quand il y a eu l'explosion On a tué ma famille sans même la connaître Moi, ma femme et mes enfants semblent ajouter aux pertes Des missiles kill, dans le civil, kill Des enfants dociles, le monde est hostile J'ai rien fais, ils n'ont rien fait, ils n'avaient rien fait Ils parlaient de bienfaits mais je ne vois que des méfaits ... c'est, crever l'abcès Que s'ils sont absents, c'est grâce à vos excès J'appelle les synagogues, les mosquées et les temples L'Eglise les chapelles, militant et militante Au nom du Père du Fils et du Saint Esprit d' l'Imam et du Rabin Plus jamais ceci Je vole vers le ciel mais j' sais que la vie est belle Je vole vers le ciel mais j' sais que la vie est belle Au nom du Père du Fils et du Saint Esprit d' l'Imam et du Rabin Plus jamais ceci Mc Solaar, Mach 6, 2003

CAP @ 5/22/2006 11:45:00 da tarde

Comentar (4)

Last night miss Marple saw 5 

O vizinho regar o relvado com o olhar abandonado na janela do prédio da frente.

CAP @ 5/22/2006 10:27:00 da tarde

Comentar (3)

domingo, maio 21, 2006

Reaberto 

REABERTO com nova imagem.

CAP @ 5/21/2006 07:47:00 da tarde

sexta-feira, maio 19, 2006

Encerrado 

ENCERRADO para obras.

CAP @ 5/19/2006 07:21:00 da tarde

Que fazer 

Quando as definições não conseguem arranjar um pouso só para a nossa alma?

CAP @ 5/19/2006 01:13:00 da manhã

Comentar (3)

quinta-feira, maio 18, 2006

Last night miss Marple saw 4 

O farmacêutico fumar um cigarro furtivo à porta.

CAP @ 5/18/2006 10:55:00 da tarde

Comentar (2)

Last night miss Marple saw 3 

O bancário a passear a mulher e o filho.

CAP @ 5/18/2006 10:24:00 da tarde

Já está à venda 

Pirilampo Mágico 2006

CAP @ 5/18/2006 07:40:00 da tarde

Comentar (2)

Prenúncios 

copyright-cap

CAP @ 5/18/2006 12:47:00 da manhã

Comentar (6)

quarta-feira, maio 17, 2006

Last night miss Marple saw 2 

O quarteto de desocupados levantar o calo da esplanada para um passeio de cinco minutos com as mãos atrás das costas e regressar circularmente à origem.

CAP @ 5/17/2006 11:42:00 da tarde

Last night miss Marple saw 1 

O advogado subir para o escritório com a estagiária.

CAP @ 5/17/2006 09:49:00 da tarde

Actualidade 

A Páscoa já lá vai, senhores! Para quê insistir em falar de Quaresma?

CAP @ 5/17/2006 12:01:00 da manhã

Comentar (2)

segunda-feira, maio 15, 2006

Mais uma... de muitas 

Como é que se chama aquele assalariado da RTP, que produziu ruído durante a corrida de Fórmula 1 deste domingo e costuma fazer parelha com o Paulo Solipa? Ele é pago, não é? Contratado, ou a recibos verdes, pagam-lhe (nós!) para ele achar que o décimo lugar é pontuável para o campeonato. Também gostei muito de ele ter dito que o compromisso publicitário seguinte iria privar-nos da sua companhia durante 3 minutos e 9 segundos (os anteriores foram de 2 minutos e meio e de 3 minutos certos). Esqueci-me foi de confirmar tanta precisão.

CAP @ 5/15/2006 12:24:00 da manhã

Comentar (3)

quinta-feira, maio 11, 2006

Americanos de sucesso graças ao velho continente 

Le brio branchez la guitare entonnez le tempo moi j'accorde ma basse 1, 2, 3, 4 nous faisons un vacarme de tous les diables chanter juste ou chanter faux je m'en fiche ! je préfère le rock à la musique classique Edith Piaf ne regrette rien où est la discothèque, monsieur ? je suis allergique au jazz placez le disque s'il vous plaît sur le juke-box mais qu'est-ce-que tu fais ? tu fais le rythme, la cadence, la chanson alors musique moderne, populaire c'est une rengaine à la mode ALLONS ENFANTS FOUDREZ-VOUS BRANCHEZ LA GUITARE CHANTEZ LA GUITARE JE M’EN FICHE JE PREFERE LE ROCK ALLONS ENFANTS JOUEZ! Big Soul

CAP @ 5/11/2006 08:30:00 da tarde

quarta-feira, maio 10, 2006

Informação 

Por forma a facultar uma leitura tranquila de textos mais longos a todos os visitantes, foi criado um parque de estacionamento privativo para este blogue.

CAP @ 5/10/2006 08:27:00 da tarde

Comentar (8)

terça-feira, maio 09, 2006

O escritor Mia Couto honrará a Faculdade de Letras da Universidade do Porto com a sua presença (no dia 16 de Maio, pelas 14h30, no Anfiteatro Nobre), por ocasião do lançamento do seu romance intitulado O Outro Pé da Sereia, para um encontro/conversa com a comunidade académica e demais interessados, que terminará com uma sessão de autógrafos. A Livraria da FLUP vai associar-se ao evento, através de uma exposição-venda, à entrada do Anfiteatro, de exemplares do novo romance, bem como de todos os títulos já publicados pelo notável escritor moçambicano, na Editorial Caminho.

CAP @ 5/09/2006 07:04:00 da tarde

Comentar (6)

domingo, maio 07, 2006

- Você sabe quem eu sou? 

Estou a ouvir uma salva de foguetes e não é a primeira vez este fim-de-semana. A proibição já está em vigor? Não sei, mas isso é irrelevante, num país onde alguns se consideram como os porcos de Orwell. São as multas por excessivo excesso de velocidade, com as consequentes inibições, que nunca aparecem; são as ajudas de custo de deslocações nunca realizadas; são os bancos dos réus nos casos da Casa Pia e da Queda da ponte de Entre-os-Rios (de que tenho evitado falar) tão longos para tão pouca gente; são a pequena troca de favores, a grande... (e se este parágrafo termina aqui, não é por falta de mais exemplos) Se, em Espanha, o Primeiro Ministro pode proibir o fumo em todos os locais de trabalho e depois fumar com os amigos no seu gabinete; os Ministros portugueses não se acham inferiores. Daí, o que são as Normas Internacionais da Aviação Civil? Nada! Menos que isso; nós somos os lídimos representantes da Nação em sacrificado serviço e de Luanda a Lisboa a viagem é longa. Este último caso aparece perdido nos fundos da revista Sábado desta semana.

CAP @ 5/07/2006 12:33:00 da manhã

Comentar (2)

Nunca mais chega o S. João! (antecipado) 

CAP @ 5/07/2006 12:00:00 da manhã

Comentar (7)

sábado, maio 06, 2006

Fora 

Há pessoas que, falando do seu passado, tendem a fantasiar um pouco. Não será por mal: a nossa memória - fragmentada - vai encaixando peças que, às vezes, não pertenciam ali. Escrevê-las, às memórias, na net é uma mera prova dos nove.

CAP @ 5/06/2006 05:01:00 da tarde

sexta-feira, maio 05, 2006

Divulgação Cultural 

Galeria Gomes Alves Silêncio: as cigarras escutam o canto das rochas Bashô É hoje, às 22 horas que é inaugurada a Exposição Clareiras, de Avelino Sá, nas Galeria Gomes Alves, Rua Gravador Molarinho, em Guimarães. Visitem-na até ao dia 1 de Junho, digam que vão da minha parte.

CAP @ 5/05/2006 04:12:00 da tarde

Comentar (5)

Grama-Língua VIII 

- Quero um boletim do Euromilhões, por favor. - Um dos alienatórios? Obrigado à M. por esta.

CAP @ 5/05/2006 12:53:00 da manhã

Comentar (6)

quinta-feira, maio 04, 2006

Esbater a diferença 

descubra as diferenças A Maria tinha-me desafiado antes do abate. Para não repetir algo que já tivesse aparecido em dezenas de outros sítios, não respondi logo. Faço-o agora, com o site do Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiência (SNRIPD). Não é uma organização, antes apoia as que existem com o objectivo da reabilitação e da melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência, ao nível da saúde, do ensino e formação profissional, do emprego e do apoio social. A propósito quero partilhar convosco este e-mail que recebi hoje. Lembrem-se! Nem todas as deficiências são fruto de herança genética.

Em Brooklyn, Nova Iorque, Chush é uma escola que se dedica ao ensino de crianças especiais. Algumas crianças ali permanecem por toda a vida escolar, enquanto outras podem ser encaminhadas para escolas comuns. Num jantar de beneficiência de Chush, o pai de uma criança fez um discurso que nunca mais seria esquecido pelos que ali estavam presentes. Depois de elogiar a escola e seu dedicado pessoal, perguntou: "Onde está a perfeição no meu filho Pedro, se tudo o que DEUS faz é feito com perfeição? Meu filho não pode entender as coisas como outras crianças entendem. Meu filho não se pode lembrar de factos e números como as outras crianças. Então, onde está a perfeição de Deus?" Todos ficaram chocados com a pergunta e com o sofrimento daquele pai, mas ele continuou: "Acredito que quando Deus traz uma criança especial ao mundo, a perfeição que Ele busca está no modo como as pessoas reagem diante desta criança." Então ele contou a seguinte história sobre o seu filho Pedro: Uma tarde, Pedro e eu caminhávamos pelo parque onde alguns meninos que o conheciam, estavam jogando beisebol. Pedro perguntou-me: - Pai, você acha que eles me deixariam jogar? Eu sabia das limitações do meu filho e que a maioria dos meninos não o queria na equipa. Mas entendi que se Pedro pudesse jogar com eles, isto lhe daria uma confortável sensação de participação. Aproximei-me de um dos meninos no campo e perguntei-lhe se Pedro poderia jogar. O menino deu uma olhada ao redor, buscando a aprovação de seus companheiros da equipa e mesmo não conseguindo nenhuma aprovação, ele assumiu a responsabilidade e disse: - Nós estamos perdendo por seis rodadas e o jogo está na oitava. Acho que ele pode entrar na nossa equipa e tentaremos colocá-lo para bater até a nona rodada. Fiquei admirado quando Pedro abriu um grande sorriso ao ouvir a resposta do menino. Pediram então que ele calçasse a luva e fosse para o campo jogar. No final da oitava rodada, a equipa de Pedro marcou alguns pontos, mas ainda estava perdendo por três. No final da nona rodada, a equipa de Pedro marcou novamente e agora com dois fora e as bases com potencial para a rodada decisiva, Pedro foi escalado para continuar. Uma questão, porém, veio à minha mente: a equipa deixaria Pedro, de facto, rebater nesta circunstância e deitar fora a possibilidade de ganhar o jogo? Surpreendentemente, foi dado o bastão a Pedro. Todo o mundo sabia que isto seria quase impossível, porque ele nem mesmo sabia segurar o bastão. Porém, quando Pedro tomou posição, o lançador se moveu alguns passos para arremessar a bola de maneira que Pedro pudesse ao menos rebater. Foi feito o primeiro arremesso e Pedro balançou desajeitadamente e perdeu. Um dos companheiros da equipa de Pedro foi até ele e juntos seguraram o bastão e encararam o lançador. O lançador deu novamente alguns passos para lançar a bola suavemente para Pedro. Quando veio o lance, Pedro e o seu companheiro da equipa balançaram o bastão e juntos rebateram a lenta bola do lançador. O lançador apanhou a suave bola e poderia tê-la lançado facilmente ao primeiro homem da base, Pedro estaria fora e isso teria terminado o jogo. Ao invés disso, o lançador pegou a bola e lançou-a em uma curva, longa e alta para o campo, distante do alcance do primeiro homem da base. Então todo o mundo começou a gritar: Pedro, corre para a primeira base. Corre para a primeira. Nunca na sua vida ele tinha corrido... Mas saiu disparado para a linha de base, com os olhos arregalados e assustado. Até que ele alcançasse a primeira base, o jogador da direita teve a posse da bola. Ele poderia ter lançado a bola ao segundo homem da base, o que colocaria Pedro fora de jogo, pois ele ainda estava correndo. Mas o jogador entendeu quais eram as intenções do lançador, assim, lançou a bola alta e distante, acima da cabeça do terceiro homem da base. Todo o mundo gritou: Corre para a segunda, corre para a segunda base. Pedro correu para a segunda base, enquanto os jogadores à frente dele circulavam deliberadamente para a base principal. Quando Pedro alcançou a segunda base, a curta parada adversária colocou-o na direcção de terceira base e todos gritaram: Corre para a terceira. Quando Pedro contornou a terceira base, os meninos de ambas as equipas correram atrás dele gritando: Pedro, corre para a base principal. Pedro correu para a base principal, pisou nela e todos os 18 meninos o ergueram nos ombros fazendo dele o herói, como se ele tivesse vencido o campeonato e ganhado o jogo para a equipa dele." "Naquele dia," disse o pai, com lágrimas caindo sobre face, aqueles 18 meninos alcançaram a Perfeição de Deus. Eu nunca tinha visto um sorriso tão lindo no rosto do meu filho!" O facto é verdadeiro e ao mesmo tempo nos causa tanta estranheza! Entretanto, há pessoas que enviam mil piadas por e-mail e elas se espalham como fogo, mas quando enviamos mensagens sobre algo de bom, as pessoas pensam duas vezes antes de compartilhá-las. É preocupante que coisas grotescas, vulgares e obscenas cruzem livremente o ciberespaço, mas se você passar adiante esta mensagem, não a enviará para muitos de sua lista de endereços, porque não está seguro quanto ao que eles acreditam, ou ao que pensarão de você.

CAP @ 5/04/2006 10:47:00 da tarde

Comentar (4)

Falando de... 

Gosto de sapatos velhos, confortáveis. Daqueles que já se habituaram aos pés e os abraçam, sem nada impor.

CAP @ 5/04/2006 10:11:00 da tarde

Comentar (4)

quarta-feira, maio 03, 2006

Dupla face 

Cliquem primeiro na ligação abaixo para o vídeo da versão de Jorane, em dueto com o autor Daniel Lanois. Depois ouçam-no sozinho com a sua guitarra. Sublime! Guloso como sou, guardo sempre o melhor para o fim. Jorane Vídeo Pour ton sourire Donne-moi tes lèvres Donne-moi ton coeur Donne-moi tes yeux Donne-moi ton sourire. Pour ton sourire Je veux donner une belle bague Une belle bague, pour ton sourire. Pour t’embrasser Je veux donner une tasse d’amour Une tasse d’amour, pour t’embrasser. Pour tes yeux et pour tes lèvres Pour ton sourire. Pour ton sourire Je veux donner toutes mes nuits Mes jours et tous mes rêves. Pour tes yeux et pour tes lèvres Pour ton sourire. Actualização: não é a primeira vez que o Pickle Player estraga as canções que aqui ponho. Acabou! Com este leitor isso já não acontece. As minhas desculpas e... voltem a ouvir. Daniel Daniel Lanois, além de autor e intérprete, é também produtor de nomes como U2, Bob Dylan, Peter Gabriel; e de bandas sonoras de filmes como The Million Dollar Hotel, Good Will Hunting e Trainspotting, entre outros. Mais aqui.

CAP @ 5/03/2006 08:46:00 da tarde

Comentar (5)

terça-feira, maio 02, 2006

O que os comentários escondem II 

copyright-cap Os amigos despedem-se nas margens do riacho inconsoláveis corações, lágrimas de bailarinas na tesoura da aragem. Hão-de voltar e haverá outra vez salgueiros em flor nas margens do riacho. Aires Montenegro, A Pedra Que Urra

CAP @ 5/02/2006 07:40:00 da tarde

Comentar (3)

O que os comentários escondem I 

copyright-cap é a vez do vento quando de livre vontade as duas pernas sustentam o corpo o cabelo nada mais pode pedir Fernando Macedo, A Bordo

CAP @ 5/02/2006 07:21:00 da tarde

Comentar (3)

Grama-Língua VII 

- Fizeste uma rádio cuspia? E doeu muito?

CAP @ 5/02/2006 01:27:00 da manhã

Comentar (11)

segunda-feira, maio 01, 2006

Árvore apaixonada 

copyright-cap É uma notícia triste para o primeiro dia do meu mês preferido. So long, Mary.

CAP @ 5/01/2006 10:30:00 da tarde

Comentar (4)

| fim da página principal |

BlogRating

alta en buscadores
Contador de Visitas

online
Tantos enganados...


referer referrer referers referrers http_referer
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Rights on the Web
Ajude a Combater o Spam! Clique aqui!

Motorizado por Blogger.

Technorati search
Who Links Here