<$BlogRSDURL$>

(Re)nascido


Um blogue a toda a largura (redimensionável pelo leitor)

segunda-feira, agosto 28, 2006

Vou, mas volto 

Quando se está preso por um elástico, como na esgrima, as férias são aos bochechos.

CAP @ 8/28/2006 08:19:00 da tarde

Comentar (6)

sábado, agosto 26, 2006

Não quero acordar 

copyright-cap

CAP @ 8/26/2006 12:00:00 da manhã

Comentar (9)

sexta-feira, agosto 25, 2006

Suplemento vitamínico de férias (light & silly) 

Vitamin W, a consumir sem moderação.

CAP @ 8/25/2006 06:33:00 da tarde

sexta-feira, agosto 11, 2006

Não é só falar mal... 

E as gentes que compõem o aparelho do Estado bem precisam de um reforço positivo: Faz agora um mês que paguei o IMV, vulgo selo do carro. Pois já recebi a cartinha com o dístico. Viva!

CAP @ 8/11/2006 09:07:00 da tarde

Comentar (9)

quarta-feira, agosto 09, 2006

Back to basic instincts 

http://www.utdallas.edu/~jtc044000/rhet1302/visual_arguments/index.html foto tirada dum artigo interessante sobre publicidade. As tatuagens são para serem vistas, não é? Mais pelos outros do que por quem as exibe, acho. O que podemos, então, concluir das tatuagens ao fundo das costas?

CAP @ 8/09/2006 01:21:00 da manhã

Comentar (10)

terça-feira, agosto 08, 2006

As atribulações de um português em Portugal 2 

No dia em que o Aviso me chegou às mãos, dirigi-me à Estação dos Correios. A fila já fora da porta, ao longo do passeio, o sol abrasador e uma criança de cinco anos, levaram-me a desistir da espera. Com tantos Avisos distribuídos, era previsível que isto acontecesse, mas há sempre alguém que não é capaz de prever, de antecipar, as consequências dos seus actos. Entretanto estive fora uns dias. Procuro informações sobre o serviço Siga, que permite o reenvio da correspondência para outro destino e descubro que agora se paga (coisa que não acontecia quando os CTT eram um dos melhores serviços postais da Europa... mas isso foi antes de terem mais engenheiros que carteiros nos seus quadros). Como a responsabilidade de não ter recebido a carta no dia em que estava em casa e o carteiro não tocou é minha, é justo que pague, verdade? Faço cem quilómetros propositadamente para ir levantar a carta no sexto dia útil, último em que ela está disponível. Mais trânsito do que o habitual para Agosto, uns semáforos mais vermelhos que verdes e... estaciono a 50 metros da estação. Em duas passadas estou lá. São 17.58. Não são só as portas que estão fechadas; as persianas estão corridas até abaixo, não abanam (o que significa que já estão assim há algum tempo), não se vê luz lá dentro nem ninguém por perto. O que me vale é que a gasolina está barata.

CAP @ 8/08/2006 04:12:00 da tarde

Comentar (2)

As atribulações de um português em Portugal 1 

Sexta-feira, depois do almoço, passo pela caixa do correio. Esvazio-a da publicidade, nada mais. Segunda-feira, 13.15, estou na varanda e vejo passar dois carteiros (dois!) que vão metendo uns rectângulos de papel branco e vermelho nas caixas de correio. A desenvoltura com que o fazem é assinalável. Mesma segunda-feira, depois do almoço, passo pela caixa do correio. Também tive direito a um rectângulozinho branco e vermelho: é um Aviso de Recepção. Quem não mudou de blogue até aqui, não desepere! A parte menos desinteressante vem já a seguir. A data constante do aviso é a de sexta-feira anterior, dia em que, supostamente, a carta registada veio até à minha porta. A data a partir da qual posso ir levantá-la ao posto dos correios (depois do carteiro a ter levado de volta para lá) é a do próprio dia! No aviso pode ler-se: Não atendeu, o que só corresponde à verdade na parte em que nunca atendo quem não toca à campainha.

CAP @ 8/08/2006 01:46:00 da tarde

Comentar (2)

quinta-feira, agosto 03, 2006

Constatações do areal 

Começo a ser alguém fora do normal, ou melhor, fora da norma: não tenho tatuagens, nem brincos, nem piercings.

CAP @ 8/03/2006 10:04:00 da tarde

Comentar (17)

Breve 

Pausa na pausa.

CAP @ 8/03/2006 08:10:00 da tarde

| fim da página principal |

BlogRating

alta en buscadores
Contador de Visitas

online
Tantos enganados...


referer referrer referers referrers http_referer
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Rights on the Web
Ajude a Combater o Spam! Clique aqui!

Motorizado por Blogger.

Technorati search
Who Links Here