<$BlogRSDURL$>

(Re)nascido


Um blogue a toda a largura (redimensionável pelo leitor)

sexta-feira, janeiro 30, 2004

152 Pequenos? 

Alegro-me ao ouvir os jovens falar das suas vitórias pessoais, dos seus aniversários (mensários?), dos seus festejos tão mais simples que os nossos, sem complicações. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/30/2004 03:44:00 da tarde

151 Liberdade de pressão? 

Se todos deixarmos, os mensageiros continuarão a ser os responsáveis por tudo o que acontece de mal por aí. Quem é contra os segredos à volta da justiça?

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/30/2004 12:04:00 da manhã

quinta-feira, janeiro 29, 2004

150 suite (la) 

logo.jpg Por variadíssimas razões, a música francesa fora de portas parece que estagnou nos "clássicos" até aos anos 60-70. No entanto há, hoje em dia, imensa variedade a que só a questão da língua parece colocar entrave - veja-se o caso dos Air como exemplo do que a língua faz. O meu contributo, no texto anterior, com ligação para quatro temas audíveis (infelizmente não o do texto), bem como no texto 118 tenta mostrar um pouco do que se vai fazendo na era pós-Brel, Aznavour, Hallyday (que ainda mexe), BB, etc. Continuarei.

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/29/2004 10:32:00 da tarde

149 Linguagens universais III 

Parfaite Pour Toi

Garde mes erreurs
Mes phrases qui doutent
Et mes déroutes
Garde-les toutes

Garde mes défauts
Mes phrases si courtes
Mes fautes, mes failles
Laisse les détails

Je suis parfaite
Pour toi en fait
Plus que parfaite
Pour toi en fait

Si tu gardes
Mes fautes de goût
Mes perles de taille
Mes feux de paille
Mes manques de tout

Je suis parfaite
Pour toi en fait
Plus que parfaite
Pour toi, pour toi
Je suis parfaite
Pour toi en fait
Plus que parfaite
Parfaite pour toi
 

Dolly - Un jour de rêves - 1999

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/29/2004 08:24:00 da tarde

148 Done in 60 days 

Tinha de ser... estou a menos de meia hora de celebrar o segundo mês desta página (e a três visitas de atingir o segundo milhar, o que não é nada mau, para quem não tem grandes pretensões), vindo do blogspot (a pré-história).
Por isso, desde já, parabéns a todos os visitantes. Espero que levem uma lembrança daqui como presente; mesmo que não voltem.

C. Ascensão Paredes

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/29/2004 01:03:00 da manhã

147 Texto oculto 

É lógico que o texto 139 aparece incompleto, mas como o título deixa antever, ali paira a moda, tão em voga agora nos CDs, da... faixa oculta.

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/29/2004 12:39:00 da manhã

146 A quem possa interessar 

A T Machine está aqui, para já. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/29/2004 12:12:00 da manhã

quarta-feira, janeiro 28, 2004

145 Não fui eu 

mafalda04_portugal.jpg

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/28/2004 08:51:00 da tarde

144 Mínima 

De que serve criticarmos os que nos precederam, se caímos frequentemente nos mesmos erros? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/28/2004 08:19:00 da tarde

143 Linguagens universais II 

Depois de uma tarde tão llena de visitas da América Latina, era inevitável colocar aqui um texto de uma canção da menina que todos conhecem loura, a cantar em inglês. Esta, é do tempo em que ela era (bem) morena e não renegava la lengua.
Bienvenidos colombianos, mexicanos, chilenos y del Perú. No se olviden de dejar sus mensajes en el mapa abajo. Gracias.

Inevitable

si es cuestión de confesar
no sé preparar café
y no entiendo de fútbol

creo que alguna vez fui infiel
juego mal hasta el parqués
y jamás uso reloj

y para ser más franca nadie
piensa en ti como lo hago yo
aunque te dé lo mismo

si es cuestión de confesar
nunca duermo antes de diez
ni me baño los domingos

la verdad es que también
lloro una vez al mes
sobre todo cuando hay frio

conmigo nada es fácil
ya debes saber
me conoces bien
y sin ti todo es tan aburrido

el cielo está cansado ya de ver
la lluvia caer
y cada día que pasa es uno más
parecido a ayer
no encuentro forma alguna de
olvidarte porque
seguir amándote es inevitable

siempre supe que es mejor
cuando hay que hablar de dos
empezar por uno mismo

ya sabrás la situación
aquí todo está peor
pero al menos aún respiro

no tienes que decirlo
no vas a volver
te conozco bien
ya buscaré qué hacer conmigo

letra: Shakira Mebarak, música: Shakira Mebarak, Luis Fernando Ochoa - Dónde están los ladrones? 1998

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/28/2004 07:50:00 da tarde

142 Mudanças 

Primeiro, a palavra "clássica" vinha do outro lado do mar, depois, tornou-se "de serviço" e atravessou o Atlântico. Agora, a viagem foi bem mais curta, embora ainda esteja "na oficina": bem-vindo ao bichinho verde Turing Machine. Como diz a publicidade que vejo agora mesmo, quase tudo muda, o espírito mantém-se.

Só uma dúvida, que ligação faço eu lá mais abaixo?

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/28/2004 05:15:00 da tarde

141 TV rural 

Programação cultural na televisão em 2003:

TVI - 0 (absoluto, mesmo!)
RTP2 +90%
RTP1 e SIC uns restos...

fonte JN

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/28/2004 12:08:00 da manhã

terça-feira, janeiro 27, 2004

140 Abjecto objecto 

Cravate.gif

G. Apollinaire - Calligrammes

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 11:18:00 da tarde

139 Por meias palavras se diz... 

BRAZEN (WEEP)


I CALLED YOU BRAZEN
CALLED YOU WHORE RIGHT TO YOUR FACE
AND WATCHED YOU
SILENTLY
AND PUBLICLY DISGRACED
I DIDN'T NOTICE WHEN YOU
STRENGHTED
LIKE A VICE
THAT YOU WERE TEMBLING
AND
BURNED BENEATH THE ICE

WHY DON'T YOU WEEP, WHEN I HURT YOU
WHY DON'T YOU WEEP, WHEN I CUT YOU
YOU DON'T BLEED, AND THE ANGER
BUILDS UP INSIDE

YOU SAID A PRAYER
AND I
BETRAYED YOU WITH A KISS
I NEVER REALIZED THAT ALL
HAD COME TO THIS
SO KEEP YOUR DIGNITY
DON'T
THROW IT ALL TO WASTE
STRONGER
FEELINGS THAN YOU'VE
EVER LEARNED TO FACE


 SKIN, LEN ARRAN - SKUNK ANANSIE - STOOSH - 1996

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 10:22:00 da tarde

138 Vai um spamezinho? 

Só falta a aplicabilidade:
Bruxelas apresenta medidas para travar "spam"

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 08:15:00 da tarde

137 Colecção Porquê? 2ª edição XII 

Porque é que a minha sombra se move como eu? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 05:57:00 da tarde

136 Aniversário 

Parabéns à D. 33 anos é uma idade encantada. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 12:56:00 da manhã

135 Portugal 

Pelo último anúncio televisivo ao Euro 2004, ficamos a saber que no nosso país os padres ainda andam de sotaina. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/27/2004 12:06:00 da manhã

segunda-feira, janeiro 26, 2004

134 Solicitações 

Pela primeira vez em meses, consegui ter um fim-de-semana sem interrupções de trabalho. Bendito descanso! Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/26/2004 10:19:00 da tarde

133 Colecção Porquê? 2ª edição XI 

Porque é que eu sou eu? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/26/2004 02:08:00 da manhã

132 Oldies too 

Nunca se sentiram assim?...

Behind Blue Eyes

No one knows what it's like
To be the bad man
To be the sad man
Behind blue eyes

No one knows what it's like
To be hated
To be fated
To telling only lies

But my dreams
They aren't as empty
As my conscience seems to be
I have hours, only lonely
My love is vengeance
That's never free

No one knows what it's like
To feel these feelings
Like I do
And I blame you

No one bites back as hard
On their anger
None of my pain and woe
Can show through

But my dreams
They aren't as empty
As my conscience seems to be
I have hours, only lonely
My love is vengeance
That's never free

When my fist clenches, crack it open
Before I use it and lose my cool
When I smile, tell me some bad news
Before I laugh and act like a fool

And If I swallow anything evil
Put your finger down my throat
And If I shiver, please give me a blanket
Keep me warm, let me wear your coat

No one knows what it's like
To be the bad man
To be the sad man
Behind blue eyes

Pete Townsend - Who's Next - 1971

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/26/2004 12:10:00 da manhã

domingo, janeiro 25, 2004

131 Originalidades 

Esta primavera - verão vai ter uns guarda-chuvas muito originais.
040119_Torrente prim-ver AFP JPMuller.jpg Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/25/2004 09:48:00 da tarde

130 Imbecilidade 

Arrepiei-me com o relato de um amigo meu sobre o comportamento de certos condutores na estrada. Ontem, quando seguia com a filha e a esposa, por três vezes o ultrapassaram e se meteram à frente dele a travar naquela via rápida que leva a Espinho. O crime dele, foi ter respondido a uma buzinadela com um beijo! Eu vou passar a ter mais cuidado, juro que deixo de responder a provocações, anda muita arma mal parada por aí. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/25/2004 12:40:00 da manhã

sábado, janeiro 24, 2004

129 Oldies 

Hotel California

On a dark desert highway, cool wind in my hair
Warm smell of colitas, rising up through the air
Up ahead in the distance, I saw a shimmering light
My head grew heavy and my sight grew dim
I had to stop for the night
There she stood in the doorway;
I heard the mission bell
And I was thinking to myself,
'This could be Heaven or this could be Hell'
Then she lit up a candle and she showed me the way
There were voices down the corridor,
I thought I heard them say...

Welcome to the Hotel California
Such a lovely place
Such a lovely face
Plenty of room at the Hotel California
Any time of year, you can find it here

Her mind is Tiffany-twisted, she got the Mercedes Benz
She got a lot of pretty, pretty boys, that she calls friends
How they dance in the courtyard, sweet summer sweat.
Some dance to remember, some dance to forget

So I called up the Captain,
'Please bring me my wine'
He said,'We haven't had that spirit here since nineteen sixty nine'
And still those voices are calling from far away,
Wake you up in the middle of the night
Just to hear them say...

Welcome to the Hotel California
Such a lovely place
Such a lovely face
They livin' it up at the Hotel California
What a nice surprise, bring your alibis

Mirrors on the ceiling,
The pink champagne on ice
And she said 'We are all just prisoners here, of our own device'
And in the master's chambers,
They gathered for the feast
They stab it with their steely knives,
But they just can't kill the beast

Last thing I remember, I was
Running for the door
I had to find the passage back
To the place I was before
'Relax,'said the night man,
We are programmed to receive.
You can checkout any time you like,
But you can never leave!

Eagles - 1976

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/24/2004 02:29:00 da manhã

128 Colecção Porquê? 2ª edição X 

Porque é que não podemos fazer o que queremos, na vida? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/24/2004 12:55:00 da manhã

127 No arame 

O politicamente correcto está cada vez menos (politicamente e não só) correcto.
É zurzir-lhes até mais não.
Leiam bem esta pérola e depois venham contar-me o que sentiram.

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/24/2004 12:03:00 da manhã

sexta-feira, janeiro 23, 2004

126 (Quase) toda a nudez será castigada 

Nem sempre o que parece é. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/23/2004 11:03:00 da tarde

125 O elogio do não 

Há momentos em que, por uma razão qualquer, não é possível anotar de imediato o que me vem à cabeça...

 

Os textos que não chego a escrever são os melhores que faço!

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/23/2004 09:31:00 da manhã

124 Colecção Porquê? 2ª edição IX 

Porque é que quanto mais subimos uma montanha mais frio faz, se ficamos mais perto do sol? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/23/2004 12:04:00 da manhã

quinta-feira, janeiro 22, 2004

123 Eles fizeram os dias assim... 

Dia triste (mais um) no jornal: mortes, assaltos, droga, desvios de dinheiro, suspeitas, abusos... Não há paciência! Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 11:18:00 da tarde

122 Resoluções II 

Saltei a segunda e a terceira resoluções, mas esta eu vou cumprir!
Ver aqui

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 08:01:00 da tarde

121 Colecção Porquê? 2ª edição VIII 

Porque é que os planetas são redondos? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 06:25:00 da tarde

120 Resoluções I 

Ora aqui está uma resolução que eu deveria seguir mais de perto. Ver aqui Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 05:37:00 da tarde

119 Vamos dormir sobre o assunto? 

Um estudo feito por cientistas alemães, publicado na edição de quinta-feira da revista «Nature», mostra que o sono ajuda a transformar o problema de ontem na solução de hoje. Leia o resto da notícia... Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 12:53:00 da manhã

118 Desenha-me... uma canção 

Dessine-moi un mouton Quelle solitude De mourir Sans certitude D'être au moins Une particule De vie Un point minuscule Utile à quelqu'un Quelle solitude D'ignorer Ce que les yeux Ne peuvent pas voir Le monde adulte Isolé Un monde abrupt Et là, je broie du noir Dessine-moi un mouton Le ciel est vide sans imagination C'est ça Dessine-moi un mouton Redevenir l'enfant que nous étions Dessine-moi un mouton Le monde est triste sans imagination C'est ça Dessine-moi un mouton Apprivoiser l'absurdité du Monde Quelle solitude De se dire Que la morsure Du temps n'est rien Le rêve est bulle De vie Un bien majuscule Utile au chagrin Déconfiture Des pépins Mais je veux croire En l'au-delà Et vivre est dur Toujours un choix Mais je jure Que le Monde est à moi Il est à moi... Il est à moi... Il est à moi... Il est à moi... Le Monde Mylène Farmer INNAMORAMENTO - 1999 Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/22/2004 12:10:00 da manhã

quarta-feira, janeiro 21, 2004

117 Colecção Porquê? 2ª edição VII 

Porque é que as crianças fazem sempre tantas perguntas? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 11:30:00 da tarde

116 Gong Xi Fa Cai! 

Que em mandarim quer dizer: Felicidades para o Novo Ano! As minhas coordenadas são Serpente, Madeira e Yin. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 07:52:00 da tarde

115 Ser poeta é... 

Acabadinho de descobrir: Sous les pavés, la plage! e não, não está escrito em francês. Viajante do tempo O poeta, porque transporta consigo a liberdade, é um viajante. Longe de se mostrar como personagem do domínio do sonho e do fugaz, é ele quem se mostra capaz de cruzar a mais antiga memória com a impaciência diante do não visto e do ainda não cumprido. Impregnado de passado, cria novas emoções, novos desejos. Combina experiência e invenção. É moderno na medida do seu arcaísmo. É o próprio tempo. Por isso todos os ministérios, direcções-gerais, gabinetes jurídicos, conselhos directivos, estados-maiores, devem integrar um núcleo avançado de poetas. Para que jamais percam o sentido do transitório. RuiB Mas tem lá mais, muito mais. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 04:04:00 da tarde

114 Colecção Porquê? 2ª edição VI 

Pourque é que a palavra abreviatura é tão comprida? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 03:22:00 da tarde

113 Será o amor vão? 

O sopro do coração Sim, o amor é vão É certo e sabido Mas então (porque não) Porque sopra ao ouvido O sopro do coração Se o amor é vão Mera dor mero gozo Sorvedouro caprichoso No sopro do coração No sopro do coração Mas nisto o vento sopra doido E o que foi do Corpo no turbilhão Sopra doido E o que foi do Corpo alado Nas asas do turbilhão Nisto já nem de ar precisas Só meras brisas Raras Corto em dois limão Chego o ouvido Ao frescor Ao barulho À acidez do mergulho No sangue do coração Pulsar em vão É bem dele é bem isso E apesar disso eriça a pele O sopro do coração O sopro do coração letra: Carlos Tê, música: Hélder Gonçalves, Lustro, 2000, Clã Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 01:04:00 da manhã

112 Uma questão de areia? 

Lido n'A Praia: O Deserto A propósito: há dias em que olho para aqui e vejo muita areia mas não vejo o mar. Às vezes a diferença entre a praia e o deserto pode ser bastante ténue. Por vezes há obstáculos interiores mais altos que os arranha-céus litorais. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/21/2004 12:02:00 da manhã

terça-feira, janeiro 20, 2004

111 Colecção Porquê? 2ª edição V 

Porque é que procuramos sempre respostas? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/20/2004 02:12:00 da manhã

110 Tecnologia de ponta 

ondeseligamodem Onde raio se liga o modem? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/20/2004 12:08:00 da manhã

segunda-feira, janeiro 19, 2004

109 Colecção Porquê? 2ª edição IV 

Porque é que as ilhas estão sempre à beira do mar? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/19/2004 11:27:00 da tarde

108 Resistentes ao extermínio 

Ian Redmond - AFP Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/19/2004 06:56:00 da tarde

107 Colecção Porquê? 2ª edição III 

Porque é que as ovelhas não encolhem quando chove? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/19/2004 05:43:00 da tarde

106 Da e para a casa 

Só agora li este artigo do icosaedro, mas parece que os responsáveis do sapo ainda não o fizeram. É pena, além do que já tinha eu dito no texto 085, há lá muitas outras preocupações sérias. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/19/2004 01:47:00 da manhã

105 Colecção Porquê? 2ª edição II 

Porque é que as coisas estão sempre no último sítio onde procuramos? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/19/2004 12:02:00 da manhã

domingo, janeiro 18, 2004

104 Gaia 

Luís Filipe Meneses bem precisa de apressar as suas prometidas ligações rodoviárias, ou esta equação acabará por se eternizar: sol + domingo + de Lavadores até à Granja = carros mais lentos que peões. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/18/2004 11:36:00 da tarde

103 Vinte anos já 

Ser poeta é escolher as palavras que o povo merece. Ary dos Santos Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/18/2004 10:30:00 da tarde

102 Colecção Porquê? 2ª edição I 

Porque é que quando a mamã está cansada sou eu que tenho de ir para a cama? Nota: A primeira edição encontra-se nos arquivos pré-históricos, outubro 2003; a edição actual é mais infantil. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/18/2004 01:35:00 da manhã

101 Soul on a paper 

That's what I'm trying to do, dear Massa. Thanks. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/18/2004 12:12:00 da manhã

sábado, janeiro 17, 2004

100 Concerto na Lapa 

A igreja da Lapa, no Porto, recebe hoje, às 21.30 horas, um concerto no qual o maestro e compositor brasileiro Ricardo Tacuchian dirige a Orquestra Artave, com a participação do Coro Polifónico da Lapa, da soprano Maria João Mata, do barítono José Oliveira Lopes e do declamador Júlio Couto. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/17/2004 08:26:00 da tarde

099 Linguagens universais 

hats-white-thumb starálfur blá nótt yfir himininn blá nótt yfir mér horf-inn út um gluggann minn með hendur faldar undir kinn hugsum daginn minn í dag og í gær blá náttfötin klæða mig í beint upp í rúm breiði mjúku sængina loka augunum ég fel hausinn minn undir sæng starir á mig lítill álfur hleypur að mér en hreyfist ekki úr stað – sjálfur starálfur opna augun stírurnar úr teygi mig og tel (hvort ég sé ekki) kominn aftur og alltalltílæ samt vantar eitthvað eins og alla vegginna Esta canção está disponível para download na versão ao vivo do concerto de Lisboa em março 2003, no site da banda sigur rós. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/17/2004 02:09:00 da manhã

098 1/2 cheio, 1/2 vazio 

Um peso a menos em cima dos meus ombros: posso dizer que cheguei a meio do meu campeonato anual. É tempo de ir preparando já o próximo semestre. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/17/2004 12:23:00 da manhã

sexta-feira, janeiro 16, 2004

097 Fora de esquadria 

sergeisupinskyAFP Ou quando as aves ignoram os centros comerciais. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/16/2004 07:03:00 da tarde

096 Boa nova 

Acabo de receber um telefonema de um amigo. A Amores Perfeitos vai ter um novo autor este ano e eu fico feliz com isso. Parabéns AM. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/16/2004 12:03:00 da manhã

quinta-feira, janeiro 15, 2004

095 Cruel dilema cruel 

Ter sol e frio, ou... mais uns graus de temperatura com chuva? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/15/2004 10:53:00 da tarde

094 Metabloguismo 

Na sua entrada de hoje, às 11.07, o a bordo dá-nos a sua visão muito pessoal do que é o bloguismo e a sua história recente em Portugal. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/15/2004 07:24:00 da tarde

093 Em contraponto 

John Donne: “No man is an Island, entire of itself; every man is a piece of the Continent, a part of the main” (Devotions, XVII). Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/15/2004 01:53:00 da manhã

092 Eu vi... 

Capitão Romance aventuras no mundo, cap. I - rumo à verdade não vou procurar quem espero se o que eu quero é navegar pelo tamanho das ondas conto não voltar parto rumo à primavera que em meu fundo se escondeu esqueço tudo do que eu sou capaz hoje o mar sou eu esperam-me ondas que persistem nunca param de bater esperam-me homens que desistem antes de morrer por querer mais do que a vida sou a sombra do que eu sou e ao fim não toquei em nada do que em mim tocou eu vi mas não agarrei parto rumo à maravilha rumo à dor que houver pra vir se eu encontrar uma ilha paro pra sentir e dar sentido à viagem pra sentir que eu sou capaz se o meu peito diz coragem volto a partir em paz eu vi mas não agarrei letra e música: Manel Cruz - O Monstro precisa de amigos, 1999, Ornatos Violeta Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/15/2004 12:26:00 da manhã

quarta-feira, janeiro 14, 2004

091 s/t 

eu vi mas não agarrei Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/14/2004 10:20:00 da tarde

090 Mudanças 

Mudaram-me o empregado do café. Lá vou ter que pedir todos os dias "um café curto, por favor"! Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/14/2004 07:53:00 da tarde

089 Xutos & Pontapés 

Imperdoável o atraso, imperdível a escuta: os Xutos e Pontapés deram o primeiro concerto fez esta terça-feira 25 anos. Os acordes iniciais tinham sido dados um mês antes e a 13 de Janeiro de 1979 mostraram-se ao público no Alunos de Apolo. Conta-me histórias Agora que pousas a cabeça Na almofada, e respiras satisfeito Quero o teu amor sem sentido Nem proveito Agora que repousas Lentamente sigo a curva do teu peito Procuro o segredo do teu cheiro Juntos fomos correndo lado a lado Juntos fomos sofrendo ter amado Amas a vida, E eu amo-te a ti Conta-me histórias daquilo que eu não vi Conta-me histórias daquilo que eu não vi Logo juntas a tua roupa E dizes que a vida está lá fora Passou a minha hora Passou a minha hora letra: Tim música: Xutos & Pontapés capa do primeiro álbum E que tal repetir o sucesso do XX anos XX bandas? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/14/2004 12:40:00 da manhã

088 Sem sombra de pecado 

BabyFood Mamilo, mamilo amado mamilo na mão, mordido, mimado. O mamilo é meu e muito meu, mãe! C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/14/2004 12:13:00 da manhã

terça-feira, janeiro 13, 2004

087 E comer? II 

De acordo com esta notícia, o preço do pão deverá baixar em Maio. Vai uma aposta? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/13/2004 01:36:00 da manhã

086 E por cá? 

copyright-cap Museu de Arte Moderna de Paris A gratuidade das exposições permanentes (apenas) nos museus de Paris, permitiu fazer face à crise de visitantes, arrastando mesmo um acréscimo de entradas. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/13/2004 12:34:00 da manhã

segunda-feira, janeiro 12, 2004

085 Vizinhança 

Um blogue que não descobri, mas me descobriu a mim, e vale a pena passar por lá: ficções. Parabéns Luís. É deste tipo de provas que precisamos para demonstrar que o sapo não é só aquela busca desenfreada e ridícula pelo top 25. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/12/2004 11:31:00 da tarde

084 Regionalização? 

É apresentada esta tarde em Lousada, a primeira Comunidade Urbana nacional. A Comunidade Urbana do Vale do Sousa abarca os municípios de Castelo de Paiva, Felgueiras, Lousada, Paços de Ferreira, Paredes e Penafiel. Que diferenças veremos entre o que se espera e o que se verá? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/12/2004 12:55:00 da manhã

domingo, janeiro 11, 2004

083 Guatemala 9-1-04 

pf_guatemala-volcan_040109_de fuego.jpg

De Fuego te chamam
e por isso te exibes.

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/11/2004 12:11:00 da manhã

sábado, janeiro 10, 2004

082 Tradução bis (actualizado) 

Parece que aquela coisa não funciona mesmo! Vou ver o que posso fazer, o código html foi bem copiado... Aceito ajuda. (Actualização) Declaro que desisto, pelo menos nos tempos mais próximos. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/10/2004 11:21:00 da tarde

081 Tradução 

Acabei de inserir um tradutor na página. Está à esquerda, mais abaixo e ainda não o experimentei, embora saiba o grau de exactidão destas coisas. Talvez possa ser de alguma utilidade para algum visitante. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/10/2004 07:09:00 da tarde

080 Sombras ocidentais IX 

image-002.jpg

Não me olhes assim, que me incomoda esse azul. Tão azul, que parece o meu.

C. Ascensão Paredes

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/10/2004 01:03:00 da manhã

sexta-feira, janeiro 09, 2004

079 Aviso 

A impressora só imprime a preto e branco. Na maior parte das vezes, apenas a branco. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/09/2004 07:25:00 da tarde

078 Sombras ocidentais VIII 

09374.jpg




Alvo fio que nos unes,
deixas adivinhar
que sombras nos afastam.



C. Ascensão Paredes

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/09/2004 12:43:00 da manhã

quinta-feira, janeiro 08, 2004

077 American beauty 

A associação deste poema ao Rui Rio, ver texto 075, criou em mim a urgência de o reler e, já agora, o partilhar: The Road Not Taken Two roads diverged in a yellow wood, And sorry I could not travel both And be one traveler, long I stood And looked down one as far as I could To where it bent in the undergrowth; Then took the other, as just as fair, And having perhaps the better claim, Because it was grassy and wanted wear; Though as for that the passing there Had worn them really about the same, And both that morning equally lay In leaves no step had trodden black. Oh, I kept the first for another day! Yet knowing how way leads on to way, I doubted if I should ever come back. I shall be telling this with a sigh Somewhere ages and ages hence: Two roads diverged in a wood, and I-- I took the one less traveled by, And that has made all the difference. The Poetry of Robert Frost - Robert Frost Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/08/2004 10:33:00 da tarde

076 Em tons de azul 

pas d'amélioration

DES NUAGES

du mauvais temps en prévision

 

NO SIGN OF ANY CLEARANCE

BEFORE THE END OF NEXT WEEK

il y a du sable jaune

DANS LE VENT

gale force winds

ARE EXPECTED

   AT

HIGH ALTITUDES

cloudy

mais tout est BLEU

DANS tes yeux

 

TOUT est bleu

LE SOLEIL n'apparaîtra

pas du tout

pas du tout

     pas du tout...

DES NUAGES SONT ATTENDUS

pour la fin de journée

 

RAIN AND HAIL STORMS

SHOULD BE

NO SURPRISE

late afternoon

LOW TEMPERATURES

 

TOUT EST BLEU - Jean Michel Jarre

Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/08/2004 08:14:00 da tarde

075 Amante de poesia 

Em entrevista ao JN de hoje, Rui Rio, presidente da Câmara do Porto, revela-se, no título da mesma, um admirador do poeta americano Robert Frost. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/08/2004 01:36:00 da manhã

quarta-feira, janeiro 07, 2004

074 Novo World Trade Center 

Reflectindo a ausência. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 05:30:00 da tarde

073 Imperdível 

É sabido que os portugueses foram dos que melhor aderiram e menos dificuldades tiveram na transição e adesão à nova moeda, ao euro. Mas, de acordo com esta notícia, ou temos governantes com espírito de arredondamento merceeiro, ou então são mesmo estrangeiros de todo. Nota: Ainda bem que podemos estar descansados quanto à aprendizagem da matemática. Já agora, e porque não gosto de ver este tipo de abordagem noutros blogues, a notícia é esta: O Governo enganou-se ao inscrever na lei do Orçamento de Estado (OE) deste ano os valores respeitantes à ecotaxa sobre os combustíveis. O JN detectou o erro e confrontou um governante com o mesmo. A serem aplicados os valores publicados, teríamos uma taxa de 0,05 euros (10 escudos) por litro nas gasolinas e 0,25 euros (50 escudos) por litro nos gasóleos, conforme se lê no Diário da República (DR) do último dia 31 (imagem, só na versão impressa). Ora, o que o Governo realmente pretende é cobrar 0,005 euros (um escudo) por litro, no caso das gasolinas, e 0,0025 euros (50 centavos) por litro, no caso dos gasóleos. Os valores estão claramente "inflacionados" no DR e até a lógica de taxação está completamente invertida. Em vez de taxar mais a gasolina, conforme o Governo pretende, o imposto iria penalizar cinco vezes mais o gasóleo (diferença de 10 escudos, nas gasolinas, para 50 escudos, nos gasóleos). Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 03:51:00 da tarde

072 Serviço público 

Para o visitante que chegou hoje via google à procura da capa e contracapa de As Brumas de Avalon, posso recomendar-lhe este sítio. Ou este, mais as ligações respectivas. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 01:44:00 da tarde

071 Testes mais ou menos patetas 

Porque é que os faço? Pelo prazer da inconsequência; às vezes também me dá para isso. Quem leva tudo a sério na vida, não sabe (merece?) viver. Já viram se eu levasse isto à letra? What Famous Leader Are You? Agora a sério, a "culpa" foi da Vistalegre. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 01:16:00 da tarde

070 Sequência 

Afinal não deu para ver grande coisa. O tempo foi curto de mais para as solicitações. Prometo voltar. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 01:03:00 da tarde

069 Expectativa 

Vou voltar agora ao local do crime. Como será? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 09:52:00 da manhã

068 Sombras ocidentais VII 

A parede é pálida, a mão, esquálida. Há quanto tempo estou assim, sem te ver? C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/07/2004 12:08:00 da manhã

terça-feira, janeiro 06, 2004

067 Razoabilidade & irritação 

Gerir relações interpessoais revela-se inúmeras vezes uma tarefa ingrata. Mas alguém tem que fazer o trabalho "sujo", não é? Hoje, só com uma firmeza a raiar o desagradável a chefia conseguiu fazer valer os factos perante argumentações insistentes. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/06/2004 08:31:00 da tarde

segunda-feira, janeiro 05, 2004

066 E comer? 

Por falar em aumentos, o trigo subiu 35%, o que desde logo a indústria panificadora, pelo menos em parte, logo aproveitou para aumentar o preço de venda ao público de todo o pão: à base de trigo, mas também de centeio, de milho... A inspecção mandada instaurar produzirá resultados daqui a duas semanas. Até lá, escolham bem onde comprar o pão, é que há preços entre os 7 e os 10 cêntimos. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/05/2004 11:07:00 da tarde

065 F mata 

Em França, depois de dois aumentos do preço do tabaco durante o ano passado, a caixinha de pregos volta a aumentar, desta vez à volta de 10%, o que coloca o preço na casa dos 5 €uros. As tabaqueiras até já falam em criar maços de 19 cigarros para poder baixar um pouco o preço ao consumidor. Como seria isto por cá? Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/05/2004 08:02:00 da tarde

064 Sombras ocidentais VI 

Que sombras pairam sobre ti - sussurrantes - que já não esqueces, tu que nada sabes. C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/05/2004 12:57:00 da manhã

domingo, janeiro 04, 2004

063 Fim-de-semana 

Estirado na areia, a olhar o azul, ainda me treme o parvalhão do corpo, do que houve que fazer para ganhar o nosso, do que houve que esburgar para limpar o osso, do que houve que descer para alcançar o céu, já não digo esse Vossa Reverência, mas este onde estou, de azul e areia, para onde, aos milhares, nos abalançamos, como quem, às pressas, o corpo semeia. Alexandre O'Neill Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/04/2004 10:18:00 da tarde

062 Teoria da conspiração 

Ouvido no café: só há jackpot no totoloto em Agosto e no Natal, que é quando as pessoas recebem dois ordenados, mas depois os prémios ficam para a Casa. Quer se trate do totoloto, quer da lotaria, há manipulação dos resultados. Ouvi também falar de bolinhas de pingue-pongue e doutros materiais mais pesados, etc. Acredite quem quiser. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/04/2004 12:05:00 da manhã

sábado, janeiro 03, 2004

061 Sombras ocidentais V 

Merecerias outro destino sacrifício esclarecedor. C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/03/2004 12:54:00 da manhã

sexta-feira, janeiro 02, 2004

060 Sombras ocidentais IV 

Super homem serás pois que, sem asas, por sobre todos sonharás. C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/02/2004 12:08:00 da manhã

quinta-feira, janeiro 01, 2004

059 Sombras ocidentais III 

Se uníssemos todas as aves a tinta da china, como faríamos para voar? C. Ascensão Paredes Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/01/2004 08:53:00 da tarde

058 Dia de paz 

copyright-cap Os anos deveriam ter 365 dias de paz e não apenas um. Originalmente publicado no sapo.

CAP @ 1/01/2004 07:54:00 da tarde

| fim da página principal |

BlogRating

alta en buscadores
Contador de Visitas

online
Tantos enganados...


referer referrer referers referrers http_referer
Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Rights on the Web
Ajude a Combater o Spam! Clique aqui!

Motorizado por Blogger.

Technorati search
Who Links Here